Equipe de Paraquedistas da Escola de Paraquedismo Boituva
Curso de Paraquedismo Estrutura da Paraquedismo Boituva Famosos na Paraquedismo Boituva Equipamentos da Paraquedismo Boituva

Paraquedismo Boituva - Equipe

Confira um breve currículo de CADA UM de NÓS:

Instrutor de Paraquedismo Eduardo Meirelles

Eduardo Meirelles

(Proprietário, Instrutor de Salto Duplo, Instrutor de Curso AFF, Camera Man)

    Tempo de paraquedismo: 19 anos
    Número aproximado de saltos: 10.300

    Títulos e/ou maiores aventuras no paraquedismo:

  • Recordista Latino Americano Swoop Categoria Speed, menor marca de velocidade computada no mundo de 1.961 segundos.
  • 4º Lugar Copa Latino Americana 2014 – Brasil
  • 21 Lugar em Speed- 5th FAI World Canopy Piloting Championships 2014
  • 28 Lugar - USPA Swoop Nationals 2014 – Florida USA
  • 47 Lugar - Campeonato Swoop Liga da Florida USA 2014 (FLCPA)
  • 80 lugar mundial Russia 2013 - FAI 7th World Cup in Canopy Piloting, Kolomna, Russia
  • 27 º Lugar Mundial de Pouso - Dubai 2011 Free Style – Dubai (DIPC 2nd International Parachuting Championships & Gulf Cup
  • 27 º Lugar, Campeonato Mundial de Pouso, EUA de 2005 – Lake Wales
  • 3 º Lugar, Primeiro Torneio de Duplas, Skydive Resende, 1997
  • 1 º Lugar, Segundo Open Rio, Four Way, 1997
  • 1 º Lugar, Copa Sorocaba
  • 3 º Lugar, Torneio de Free Fly, Fly Factory, Boituva
  • 4 º Lugar, Campeonato Brasileiro de Pouso, Campinas -2005
  • Recordista Brasileiro de Formação 88-way, Pirassununga.

Breve histórico no paraquedismo:
Meu primeiro salto foi em 1995 com meu irmão, meu primo e uma amiga. Logo que pousei do salto, prometi a mim mesmo que iria virar instrutor, montar a minha escola e proporcionar ao máximo de pessoas possível a experiência extraordinária de um salto de paraquedas.
Em apenas um ano me formei instrutor e montei minha escola.
O Paraquedismo foi crescendo com o tempo, eu cada dia mais cansado da rotina exaustiva do trânsito, e toda loucura que uma cidade grande como São Paulo proporciona.
Minha falecida avó sempre me inspirou e incentivou - Edy Caselani Meirelles viveu da musica toda a sua vida, ela sempre me dizia: - “Faça da vida tudo que quiser com muito amor, e a única forma de dar certo e ser feliz”.
Isso me inspirou a “jogar tudo para o alto”, tudo que havia construído em minha carreira. Desisti da minha profissão de Publicitário e fui atrás de um sonho. Assim nasceu a Paraquedismo Boituva.
Tínhamos tudo que precisávamos: vontade, objetivos, valores, acesso à informação, infraestrutura e o mais importante – um grupo de profissionais que comungavam da mesma filosofia dentro do esporte: O desenvolvimento constante.
Em 2002 morei e trabalhei numa área de saltos nos EUA onde aprendi muito.
Voltei ao Brasil, em apenas 3 anos realizei mais de 3.000 saltos duplos, devido a inovação de ser o primeiro instrutor a filmar o próprio salto, fui o pioneiro nesse sistema, hoje conhecido como o sistema handy cam. A Escola Paraquedismo Boituva “decolou”, passou ser conhecida como uma escola pioneira que sempre inova em seus serviços.

Nos tornamos uma escola conhecida na mídia e também pelos famosos os quais nos escolhem por sermos uma grande referencia mundial.
Tive o orgulho de saltar com artistas como : Ana Hickmann, Dani Suzuki, Diogo Nogueira, Felipe Andreoli, Jonatas Faro, Dani Bolina, Matheus Verdelho, Lizi Benites, Monica Arpor, Juju Panicat, Daiane dos Santos, “O Impostor” entre outros.
Realizamos matérias incríveis com o programa do Fantástico (Casamento no Ar), Profissão Repórter e comerciais maravilhosos como: Cielo, Skol, Claro, Microsoft (lançamento Windows 7), Always, Sky Land and Sea e Embratur.

Hoje tenho orgulho em dizer que fizemos e fazemos história no esporte, a Escola Paraquedismo Boituva é mais que o sonho realizado, tornou-se minha vida de alma e coração entregue.

Coordenadora Administrativa Patrícia Pombo

Patrícia Pombo

(Coordenadora Administrativa)

    Tempo de paraquedismo: 30 anos

    Breve histórico no paraquedismo:
    Fiz meu primeiro salto com 15 anos, meu pai José Carlos Pombo, foi meu instrutor e de milhares outros atletas, me lançou de T-10, um tipo de paraquedas que não é mais utilizado nos dias atuais a não ser pelo exército. Foi uma experiência incrível, um presente de 15 anos bem diferente das minhas amigas. Trabalho na Paraquedismo Boituva, porque com tantos anos no esporte vi e vivi muita coisa, aqui há respeito pelo cliente e pelos atletas. Os Equipamentos são de primeira linha com manutenção semanal.

Instrutor chefe Rubinho

Emerson Moraes (Rubinho)

(Instrutor chefe do AFF e atletas)

    Tempo de paraquedismo: 15 anos
    Número aproximado de saltos: 5.000
    Túnel de vento: + de 500 horas

    Títulos e/ou maiores aventuras no paraquedismo:

  • Coach de Tunel do Vento pelo IBA e ABBF
  • Coach BBF e Freefly
  • Coach Wingsuit pela Phoenix Fly e CPBQ
  • Cameraman do Recorde Feminino de Freefly 2014
  • Cameraman do Recorde Feminino 34-Way em 2014, 26-way em 2014, 25-Way em 2012 e 24-Way em 2008
  • Recordista Brasileiro de Wingsuit 2013
  • Campeão Brasileiro de Swoop Modalidade distancia Cat Inter 2014
  • Vice-Campeao Brasileiro de 4-way Cat Pro 2010 (Cameraman)
  • Campeao Brasileiro de de 4-way Cat Inter 2007 (Cameraman)

Breve histórico no paraquedismo:
Iniciei em 1998, em 2003 comecei a trabalhar com o esporte e fui me apaixonando pela liberdade que o esporte oferece, pelas amizades que fazemos e lugar que conhecemos.
Nunca me esqueço do meu primeiro salto em Piracicaba interior de São Paulo, também realizei alguns saltos inesquecíveis como, por exemplo, quando tive a oportunidade de inaugurar o carnaval de São Paulo em 2012 pousando dentro do Sambódromo a noite, foi o salto que minha adrenalina mais subiu até hoje e também vale destacar um salto que fiz de Wingsuit em Dubai que foi o visual mais bonito que vi até o momento, eu amo esse esporte.
Para quem nunca saltou recomendo. O esporte está cada dia mais seguro, inseguro são as pessoas que abusam das normas, se você fizer o esporte dentro das normas, experimentará umas das melhores sensações da vida pode estar certo disso ;-). Espero encontrar você na Paraquedismo Boituva.

Instrutor de Paraquedismo Babu

Macos Lima Farias De Moura (BABU)

(Instrutor)

    Tempo de paraquedismo: 21 anos
    Número aproximado de saltos: 5.000

    Funções:

    Instrutor ASL - Instrutor AFF - Cameraman - Piloto tandem - Treinador BBF nível 1 - Examinador tandem UPT - Examinador tandem CBPQ
    Avaliador AFF/BBF CBPQ - Coordenador técnico da CBPQ - Encarregado Operacional Da Atividade De Salto Duplo

    Títulos e/ou maiores aventuras no paraquedismo:

  • Recordista de Grandes Formações Região Sudeste - 36 WAY – 2009
  • Recordista Brasileiro De Grandes Formações - 82 WAY - 2010 - ARIZONA EUA
  • Recordista Brasileiro De Grandes Formações - 103 WAY - 2013 - CALIFORNIA EUA

Breve histórico no paraquedismo:
O paraquedismo na minha vida não se resume a um esporte que pratico ou profissão, o paraquedismo é um estilo de vida, depois do meu primeiro salto tudo mudou, passei a encarar a vida de forma diferente.
Iniciei no paraquedismo nas forças armadas em 1993, me apaixonei pela atividade. Em 1995 comecei a praticá-lo como esporte. Em 1997 tornei-me instrutor, até hoje salto com muita paixão e não me vejo sem praticar o paraquedismo.
No meu ponto de vista existem várias escolas de paraquedismo excelentes, porém a Paraquedismo Boituva não é melhor, nem pior. Somos apenas diferentes.

Treinador BBF e Instrutor de Salto Duplo Rafael Oliveira

Rafael Oliveira (Rafa)

(Treinador BBF e Instrutor de Salto Duplo)

    Tempo de paraquedismo: 10 anos
    Número aproximado de saltos: 1.400

    Títulos e/ou maiores aventuras no paraquedismo:

  • Saltar de balão e saltar de wing suit (macacão com asa) foram as melhores experiências que tive no esporte.

Breve histórico no paraquedismo:
O paraquedismo representa um estilo de vida, uma profissão que consegui agregar a diversão.
Comecei no esporte em 2004 e desde então não parei mais de saltar, no início um pouco menos e com o decorrer dos anos foi aumentando a frequência e também a experiência no esporte. Iniciei como câmera man e logo após, virei instrutor de salto duplo.
As pessoas devem escolher a nossa escola por ser um ambiente alegre e familiar. Qualquer pessoa que chegar irá sentir-se confortável e acolhido, em nossa escola, todos vestem a "camisa" e tenho uma grande satisfação em poder fazer parte deste time.

Coach BBF, Instrutor de Salto Duplo e Cameraman Rafael Lima

Rafael Lima

(Coach BBF, Instrutor de Salto Duplo e Cameraman)

    Tempo de paraquedismo: 13 anos
    Número aproximado de saltos: 1.000

    Títulos e/ou maiores aventuras no paraquedismo:

  • Não sou competidor, aprecio todas as modalidades do paraquedismo. Já saltei de diversos tipos de aviões, balão e trike.
  • Também pratico o B.A.S.E. jump.

Breve histórico no paraquedismo:
Em 2001, com 22 anos de idade iniciei no paraquedismo. Mudei completamente minha visão de mundo. Apaixonei-me instantaneamente pela indescritível sensação de queda-livre. Realizei saltos em várias áreas do Brasil. Fora do país, saltei na Nova Zelândia e Espanha. A Paraquedismo Boituva é a escolha certa para você se tornar paraquedista ou apenas experimentar por alguns segundo a fantástica sensação de voar fazendo um salto-duplo, pois abrange um leque variado de experientes profissionais, mesclando antigos e novos talentos do paraquedismo brasileiro.

Instrutor BBF, AFF, Salto Duplo e Cameraman

Marcelo Galvão Saraiva

(Instrutor BBF; Isntrutor AFF; Instrutor de Salto Duplo Duplo; Cameraman)

    Tempo de paraquedismo: 12 anos
    Número aproximado de saltos: +2.000

    Títulos e/ou maiores aventuras no paraquedismo:

  • Vice Campeão Sul-Matogrossense de V-4 2014
  • Campeão Sul-Matogrossense de V-4 2005
  • Demonstrações de Fórmula Truck-MS
  • Demonstrações de FAB-MS
  • Demonstrações de Papai Noel ( Natal) MS

Breve histórico no paraquedismo:
Comecei no Paraquedismo no ano de 2002, quando me inscrevi para o curso de paraquedismo pelo método AFF. Sempre pensei que tornar-se paraquedista fosse algo inimaginável, algo que talvez eu nunca conseguisse realizar, mas após meu 1º salto me dei conta que eu era capaz, que meu sonho iria se realizar.
Desde então, nunca parei de saltar e hoje não imagino minha vida sem o paraquedismo. No paraquedismo conheci minha mulher, fiz ótimos amigos e me divirto realizando os sonhos de outros doidos em busca de adrenalina.

Pedrão é dobrador e ministra curso de dobragem

Pedro Santos (Pedrão)

(Dobrador, ministra curso de dobragem)

    Tempo de paraquedismo: 12 anos
    Número aproximado de dobragens: 40.000

    Breve histórico no paraquedismo:
    Nossa responsabilidade na dobragem é enorme, se cometemos algum erro, o paraquedas principal pode apresentar algum problema, ou até mesmo não abrir. Tenho 12 anos no esporte, mais de 40.000 dobragens, ensino quem quer aprender, com certeza sei o que estou fazendo como o restante da equipe, nessa escola só trabalha quem sabe o que faz.
Dobrador de Paraquedas Beto

José Roberto Alves dos Santos (Beto)

(Dobrador)

    Tempo de paraquedismo: 16anos
    Número aproximado de dobragens: 38.000

    Breve histórico no paraquedismo:
    Iniciei no paraquedismo no inicio de 2005, no final do mesmo ano entrei na Paraquedismo Boituva, e hoje tenho mais de 38.000 dobragens. No inicio de 2014 iniciei o curso de Rigger, e já realizo alguns trabalhos de manutenção.
Dobrador de Paraquedas André Luiz Rosa

André Luiz Rosa (Chuchu)

(Dobrador)

    Tempo de paraquedismo: 10 anos
    Número aproximado de dobragens: 20.000

    Breve histórico no paraquedismo:
    Sempre gostei de esportes radicais, pratiquei rapel, tirolesa, paraglider e futebol, conheci o paraquedismo, me apaixonei e não consegui parar mais.